19 outubro, 2014

Resenha Sangue Quente - Isaac Marion

    Tinha expectativa de que Sangue Quente pudesse ser um ótimo livro, MAS me decepcionei. A capa é linda e a arte do livro é belíssima, mas seu conteúdo deixou a desejar.
  A história é narrada pelo zumbi R que não sabe absolutamente nada sobre ele mesmo. Ele vive vagando em um aeroporto e caçando pessoas para comê-las. Em um dia de caçada ele acaba encontrando uma menina (Julie) salva-a depois de ter comido seu namorado (ela não sabe disso inicialmente) e a leva para “sua casa”.
   Tem várias coisas nojentas no livro, como o fato dele comer o cérebro do namorado da Julie apenas para reviver as lembranças do menino. O grande problema desse livro é o fato do autor não dar nexo as coisas. Exemplo: tal personagem morre e o personagem que gosta dele nem se importa, literalmente! É um saco ler um livro em que os personagens não têm emoções. 


   Como se não bastasse isso que falei acima, a história não tem quase diálogos e isso tornou a leitura bastante arrastada, tanto que cheguei a um momento em que pulei determinadas coisas. E o final? Ah, O FINAL É TOSCO, e sem explicação convincente. Enfim, não recomendo.
   Para quem não sabe tem o filme, que aqui no Brasil ficou como Meu Namorado é Um Zumbi. 


18 outubro, 2014

Download Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

Muita gente me cobrou esse livro... e aqui está ele! Boa Leitura.

Sinopse - Para Onde Ela Foi - Se Eu Ficar - Livro 02 - Gayle Forman

Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos, e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

Para as pessoas que não consegue baixar, aqui vai ficar um tutorial Clique aqui, até porque o link do pdf tá funcionando bem.

     Download Para Onde Ela Foi

Resenha Olho Por Olho - Siobhan Vivian e Jenny Han

   Mil desculpas a vocês (pessoas lindas que lêem meu blog) falei que ia tentar postar uma resenha por semana, mas falhei. Não que eu não esteja lendo, pelo contrário. O problema é que sempre que o divo do meu vizinho liga os aparelhos dele meu computador desliga, já fui à Coelba e nada de resolver isso, então fico com meu tempo em frente a essa lindeza (meu PC) bastante limitado, tendo que otimizar o tempo entre vlogs, Enem, séries e amigos.
   Ultimamente não sei se só estou lendo livro ruim, ou se é apenas meu senso crítico sendo extremamente chato, mas a maioria das minhas leituras estou classificando como três estrelas – é, uma pena.
   O primeiro livro que li nesse mês (outubro, 2014) foi Olho Por Olho. Devo ressaltar que fiz uma “listinha” para minha escola com vários livros que queria ler (em 2013) e essas belezuras estão chegando este ano! Dei um break nos meus livros – devo ter uns 20 não-lidos – para usufruir (tô com um vocabulário muito inspirado hoje) dos da minha escola, já que estou de saída mesmo...
   O livro vai contar a história de três meninas que vivem na Ilha Jar (ela repete muito o nome dessa ilha, impossível não decorar). Kat era amiga da Lillian, mas agora não são mais tão próximas. E Mary é a ex-gordinha que decide voltar para o colégio para se vingar. A premissa é essa, um livro de vingança e reviravoltas, mas, como sempre (nos livros da Siobhan Vivian), perdeu o rumo.
   Devo alertá-los que os livros dessa autora são um pouco “infantis”, ou melhor dizendo, você vai gostar mais dele se ler com os seus 13 anos, mas se você for uma pessoa madura não sei se essa história vai colar.
   A Siobhan escreve bem até, mas o problema dela é a história em si. O livro é dividido pelo ponto de vista das três meninas, não senti que ela conseguiu dar voz aos personagens. As vinganças são por motivos bestas, a única que tem um motivo razoável é a Mary, mesmo assim... não me convenceu o porquê delas estarem fazendo aquilo. E o final?! Se aquilo realmente aconteceu... ah, foi um plágio de um dos livros do Stephen King (não vou citar o nome do livro porque pode ser spoiler).

   É uma leitura agradável, mas não é uma grande trama, muito menos um ótimo livro. É razoável. 


Download Quero Que Você Me Possua - Maisey Yates

Sinopse - Quero que você me possua - Segredos da Quinta Avenida - Maisey Yates

"O começo Como filho de um poderoso advogado, Travis Beringer jamais precisou lutar por nada a não ser pela evasiva Sydney Davis. Mas a situação muda em um piscar de olhos com a morte trágica de Sarah Michaels, companheira de quarto dela. De repente, no auge do choque, Sydney se vê nos braços de Travis em busca de consolo para sua dor. Presos a uma teia de desejo, Travis e Sydney se deleitam a cada toque erótico que por tanto tempo renegaram. Entretanto, o que poderá acontecer quando a situação se acalmar e os primeiros raios de sol iluminarem a realidade para a qual não estão preparados?"

14 setembro, 2014

Resenha O Herói Perdido

   Terminei de ler O Herói Perdido no inicio desse mês e, caraca, quase não termino.  Demorei uns 20 dias para lê-lo, não tinha vontade de pegar o livro, de saber como ia acabar a história.
   Temos um herói perdido (Percy) e Annabeth está tentado de tudo para encontrá-lo, ao mesmo tempo em que acaba esbarrando em Jason e seus amigos. Desde o inicio fica obvio algumas coisas, ao passo em que eu já sabia que rumo à história iria tomar, os personagens ficam lá, com aquela lentidão, quase como se não quisesse pensar, isso me irritou, MUITO! Achei as aventuras repetitivas e desmotivante, não me convenceu, não consegui me afeiçoar aos personagens, e senti que tava caindo na mesmice.
   Odiei a escrita do Rick em terceira pessoa, senti a leitura muito impessoal; não consegui entrar na história. Amei a primeira saga, de paixão, mas essa segundo... ainda mais por não ter o Percy e os outros personagens que conhecemos tão bem. Não gosto de capítulos narrados por personagens diferentes, pouquíssimos autores conseguem dar voz a cada personagem, julgo que é mais fácil quando é na visão de um único. É para mim Rick peca nesse quesito (muito melhor na visão de Percy).



   Bom, meus amigos que leram me falaram que o segundo – O Filho de Netuno – é bem melhor. Não sei se vou dar uma chance para Os Heróis do Olímpio novamente, espero que sim, mas acho que isso vai demorar. Enfim, leiam e tire suas próprias conclusões.


p.s Até o próximo domingo. u.u

13 setembro, 2014

Four: A Divergent Collection traduzido para Português


As Histórias de Divergente são formadas por contos exclusivos narrados por Tobias. Elas revelam fatos desconhecidos e fascinantes sobre o personagem Quatro – seu passado, sua própria iniciação e seus pensamentos sobre sua nova vida na Audácia, até que conhece Tris Prior.


1.                A transferência
2.                A iniciação
3.                O filho
4.                Quatro medos
5.                O traidor

Tradutores/colaboradores: Shadows Secrets, Gabi Grotti, Priscila Kobayashi, Raquel Elvas, Priscilla Alves, Lígia Borba, Cleber Oliveira e Stela Seixas.

07 setembro, 2014

Resenha O Céu Está Em Todo Lugar

   Bom gente, to mega triste hoje, isso porque tô numa baita ressaca literária e queria muito voltar ao normal. Não sei se fiquei com essa ressaca por causa de Eleanor e Park ou Garota, Interrompida. Sei que depois desses dois livros as coisas começaram a desandar... não consigo “entrar” na história de nenhum outro livro.
   Mas vou dar minha opinião hoje sobre O Céu Está Em Todo Lugar! Não, não se animem, não achei o livro tudooooo isso que falam.
   Só comecei a lê-lo porque a Bia recomenda muito no vlog dela, então pensei “temos a mesma opinião sobre alguns livros, esse deve ser maravilhoso”.
A história gira em torno da Lennie que acabou de perder a sua irmã e está de luto. Pronto, é isso, basicamente. Os personagens são super bem construídos, mas não consegui me identificar com eles. A lennie tem atitudes tão “MEU DEUS, O QUE É QUE ESSA MENINA TÁ FAZENDO? TÁ MALUCA, SÓ PODE” que me irritou um pouco, acho que a justificativa que ela dava – que estava triste – não colou comigo.


   Não acho que a tristeza é palpável, como algumas pessoas falaram, na verdade, não consegui sentir nada com esse livro, a não ser que a Lennie tava fazendo coisas estúpidas e senti vergonha alheia. São 400 páginas de mesmice, sim, acontecem as mesmas coisas (de jeitos diferentes) em cada capítulo, isso ficou repetitivo demais, era como se a história não andasse. Faltou esclarecer algumas coisas, como a mãe da Lennie, enfim, sinto que a leitura não acabou no final e que a autora poderia ter enxugado mais a história e esclarecido todos os pontos que ela colocou.


   A capa desse livro é extremamente frágil (material ruim mesmo) e você não consegue limpa-la sem abrir um buraco (isso aconteceu comigo). Mas ela é belíssima, convenhamos, e o miolo foi super caprichado; achei super interessante o fato da fonte ser azul *-* Só posso dizer que o conteúdo poderia ter sido melhor trabalhado.


Até o próximo domingo!